Perícia Contábil: Aprenda o que é e quais tipos existem

Para um profissional é importante se manter informado sobre os campos de atuação da sua profissão, e você que é contador, sabe o que é a perícia contábil?

Um contador pode atuar em muitas áreas diferentes, que podem render a este profissional uma boa remuneração, mas, conhecer cada uma delas é fundamental para se obter sucesso profissional.

Hoje vamos te explicar o que é a perícia Contábil e quais categorias de perícias contábeis existem. 

Leia os próximos tópicos e entenda o que é a perícia contábil.

O que é a Perícia Contábil?

A perícia contábil é o conjunto de procedimentos técnicos que auxiliam a levar a instância decisória elementos de prova necessários para fomentar uma justa solução do litígio, mediante a apresentação de um laudo pericial contábil.

Ou seja, o perito contábil é o profissional que realiza a análise de diversos elementos para fornecer um parecer, se pautando na legislação e nos seus conhecimentos técnicos, esse profissional é chamado para resolver questões judiciais ou extrajudiciais em determinados casos.

Quais tipos de perícias contábeis existem?

Antes de mostrarmos as categorias de perícias contábeis, destacamos que, segundo o Conselho Federal de contabilidade (CFC), a perícia contábil é de competência exclusiva do contador em situação regular com o Conselho Regional de Contabilidade (CRC).

Veja os tipos de perícias contábeis existentes a seguir:

  1. Perícia contábil Judicial 

A perícia judicial é utilizada quando é preciso juntar provas para um juiz determinar a sentença de algum processo. Nesse caso, o juiz irá solicitar que um perito contábil analise determinados documentos.

Ou seja, uma investigação será feita por parte do perito, para resolver alguma questão jurídica, a pedido do juiz. 

Quando o Perito estiver em posse de todas as informações importantes de um determinado caso, ele irá emitir um parecer que será anexado ao processo, e que servirá de suporte técnico para o julgamento e para sentença.

A imparcialidade, sigilo e exatidão na apuração das informações são os elementos necessários para essa função.

  1. Perícia Contábil extrajudicial 

Nessa categoria de perícia, o perito é contratado por uma das partes interessadas para investigar questões que não seguiram para a esfera judicial. 

Alguns exemplos são:  cálculos de cobranças de juros abusivas, indenizações trabalhistas, valores cobrados originários de contratos bancários,  compra e venda de empresas, entre outras finalidades.

Nessa categoria não existe ligação com a esfera judicial, a perícia extrajudicial pode ser dividida em três tipos:

  • Perícia arbitral: exercida sob o controle da lei de arbitragem e pelos regulamentos das Câmaras de Arbitragem;
  • Perícia estatal: regulada pelos órgãos públicos, podem ser estaduais ou federais, ou realizadas por peritos do Ministério Público;
  • Perícia voluntária: contratada, espontaneamente, pelo interessado ou de comum acordo entre as partes.

Dica Extra: Já imaginou aprender 10 anos de Prática Contábil em poucas
semanas
?

Conheça um dos programas mais completos do mercado que vai te ensinar tudo que um contador precisa saber
no seu dia a dia contábil
, como: Rotinas Fiscais, Abertura, Alteração e Encerramento de
empresas, tudo sobre Imposto de Renda, MEIs, Simples Nacional, Lucro Presumido
, enfim,
TUDO que você precisa saber para se tornar um Profissional Contábil
Qualificado.

Se você precisa de Prática Contábil, clique aqui e entenda como aprender tudo isso e se tornar um
verdadeiro profissional contábil.

O post Perícia Contábil: Aprenda o que é e quais tipos existem apareceu primeiro em Jornal Contábil – Contabilidade, MEI , crédito, INSS, Receita Federal.


Perícia Contábil: Aprenda o que é e quais tipos existem